Se essa rota fosse minha

Petrópolis

03/04/2016

O clima ameno da serra atraiu Dom Pedro II e toda a realeza para Petrópolis em meados de 1800. E, até hoje, a cidade respira ares imperiais. A principal atração de Petrópolis é o Museu Imperial, antigo refúgio do imperador durante os meses de verão, que reúne relíquias como o trono e a coroa de brilhantes e pérolas de Dom Pedro II; a pena de ouro e rubis usada pela Princesa Isabel para assinar a abolição da escravatura; além de móveis e documentos da família real.  

 

 

 

 

Depois de conhecer o museu, visite a Catedral de São Pedro de Alcântara, com seu estilo gótico e belos vitrais que retratam imagens de santos. Dentro do santuário, estão os restos mortais e esculturas em tamanho natural de Dom Pedro II, Dona Teresa Cristina, Princesa Isabel e seu marido, o Conde D'Eu. 

 

  

Também vale visitar o Palácio de Cristal, uma imponente construção em ferro fundido inspirada no Crystal Palace, de Londres. Inaugurado em 1884, o palácio é um presente do Conde D'Eu à sua esposa, a Princesa Isabel.

 

Para encerrar o passeio por Petrópolis, caminhe pela Avenida Koeler e pelas ruas Alfredo Pachá, da Imperatriz e do Imperador para conhecer palácios e mansões erguidos nos anos de 1880 por barões, condes, médicos, ministros e outras personalidades dos tempos do Império. Termine o tour com um lanche na Casa do Alemão, famosa por servida croquetes de carne, salsichões e biscoitos amanteigados. 

 

 

Serviço:

 

Museu Imperial

Aberto de terça a domingo, das 11h às 17h30

Ingresso: R$ 10 (Neste mês de abril, parte do museu está em obras e o ingresso está custando R$ 5)

 

Catedral de São Pedro de Alcântara

Aberta diariamente, das 8h às 18h

Visitação gratuita

 

Palácio de Cristal

Aberto de terça a domingo, das 9h às 18h

Visitação gratuita


Ver todas publicações