Se essa rota fosse minha

Cidade de Pedras

02/11/2016

Formações rochosas esculpidas pelo vento e pela chuva lembram as ruínas de uma cidade medieval. Daí o nome Cidade de Pedras, uma das principais atrações da Chapada dos Guimarães, no Mato Grosso.

 

A beleza das rochas é impressionante, mas, acreditem se quiser, tudo isso fica em segundo plano quando se chega ao mirante da Cidade de Pedras. Lá do alto, o que salta aos olhos é a grandiosidade dos paredões que formam a Chapada dos Guimarães, uma das mais lindas paisagens do Cerrado Brasileiro.

 

Depois de contemplar a paisagem lá de cima, é hora de descer a Chapada dos Guimarães para explorar o Vale do Rio Claro. A bordo de um jipe 4x4, os turistas fazem uma linda trilha por dentro do parque nacional até chegar ao ponto conhecido como Crista de Galo, com curiosas formações rochosas e uma vista panorâmica dos paredões.

 

A segunda parada é no Rio Claro, onde os Poços da Anta e Verde oferecem mergulho em águas cristalinas e flutuação pelas corredeiras. Dica importante: é fundamental saber nadar bem e usar snorkel e sapatilhas de proteção. 

Nossos guias nessa aventura foram Luís e Nidelci – telefones: (65) 99295-9268; 99642-8809 e 3301-2814. Enquanto o Luís dirige um robusto Land Rover pelas estradas de terra, a Nidelci vai contando as histórias da Chapada dos Guimarães e orientando os turistas nos passeios. Além de ótimos guias, são excelentes companhias!

E para terminar bem o passeio na Chapada dos Guimarães, experimente o melhor da culinária oriental no Restaurante OiShi. Nós provamos uma entrada de cogumelos shimeji, um combinado de sushi com 26 peças, um Yakisoba misto e o Nagoya (salmão recheado com cream cheese e shimeji e flambado no licor cointreau). Tudo feito na hora pela simpática e habilidosa sushi woman Sonia Neris. Uma delícia! 

 


Ver todas publicações