Se essa rota fosse minha

Jardins de Burle Marx

19/02/2016

O sítio do renomado paisagista brasileiro

Nada de canteiros geométricos, com flores coloridas apenas na primavera, como manda os padrões europeus. Nos jardins de Burle Marx, quem dita as regras são as plantas tropicais, com seus diversos tons de verde e folhas das mais variadas texturas. O homem que assina o paisagismo do Eixo Monumental de Brasília; do Aterro do Flamengo, no Rio; do Museu de Arte da Pampulha, em Belo Horizonte, entre outros; deixou como legado muito mais que a beleza dos seus projetos.

No sítio em que ele viveu e morreu, na Barra de Guaratiba, no Rio de Janeiro, os visitantes podem conhecer a coleção de botânica do mestre. Numa área de 468 mil metros quadrados, Burle Marx apresenta mais de 3.500 espécies de plantas cultivadas para dar vida aos seus jardins e que hoje são consideradas patrimônio cultural brasileiro. Além da flora, é possível conhecer o Museu-Casa de Burle Marx, com uma capela e uma antiga fazenda do século XVIII restauradas e os ateliês do paisagista, que também foi escultor, pintor e músico.

As visitas são realizadas de terça a sábado, às 9h30 e às 13h30, e precisam ser agendadas com antecedência, pelo telefone: (21) 2410-1412. O ingresso custa R$ 10.

Sítio Burle Marx

Estrada Roberto Burle Marx, 2019 – Barra de Guaratiba – Rio de Janeiro

www.iphan.gov.br

 

 

 
 

  


Ver todas publicações